sábado, 21 de julho de 2012

Nossos gostos e nossa autenticidade

Não tenha medo de mostrar sua verdadeiras cores
Você já passou pela situação de estar num grupo de amigos, e de repente eles começam a falar mal do seu cantor(a)/ banda/ programa/ filme favorito? Se sim, o que você fez? Calou-se pra consentir? Ou defendeu seus gostos?

Às vezes essas conversas são apenas saudáveis trocas de ideias, e você comenta suas preferências tranquilamente. Porém, em outras vezes, é necessário quase que ter coragem de assumir seus gostos.

Esconder o que se gosta é esconder quem se é. É negar sua identidade, sua autenticidade. Devemos ter orgulho de quem somos, custa o que custar. Vão ter risadas às vezes? Sim. Mas quanto mais bem resolvido sobre isso você for, melhor será a reação deles.

Eu sou fã de coisas meio controversas em alguns meios: Jonas Brothers, One Direction, Harry Potter. Mas, como eu disse, eu sou bem resolvida quanto a isso. Eu tenho minhas razões de gostar, e me agarro a elas. Por que eu deveria me envergonhar do que me faz bem, das coisas em que eu acredito? Pode soar clichê, mas é como dizem: seja sempre você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário! Volte sempre :)